Quem não quer uma decoração elegante, inspiradora e diferente, não é mesmo? Pois saiba que apostar nos tons de verde e na beleza das folhas está em alta e garante visuais de muito bom gosto para os mais diversos ambientes. Que tal montar você mesmo montar seu arranjo com uma corrente de folhas para incrementar sua casa, escritório ou evento? 

Você pode soltar toda a sua criatividade e ter peças personalizadas e capazes de dar aquele toque de charme no projeto decorativo. Para isso, listamos alguns aspectos que devem ser considerados ao escolher sua corrente de folhas e um passo a passo bem simples e prático. Acompanhe! 

O que você precisa saber antes de montar uma corrente de folhas

Certamente, você já está imaginando sua corrente, pensando nas suas folhas favoritas, nas quantidades… Isso é ótimo, mas antes de comprá-las, leve em conta os itens a seguir. 

Tipos de folhas que podem ser utilizadas

O ideal é que você opte por folhas que não sejam tóxicas e nem soltem pozinhos no local. Se você preferir as peças artificiais, não precisa ter esse cuidado e pode ousar um pouco mais. 

Entre as folhagens mais usadas estão: 

  • samambaia;
  • palmeira;
  • costela de adão;
  • folha de limão;
  • hera. 

Estilo do ambiente e situação 

As plantas são bem-vindas em praticamente todos os ambientes. Quando se trata de flores e folhas naturais é preciso observar aspectos como ventilação e iluminação. Se tratando de opções artificiais, vamos destacar o tamanho do local e a função desse espaço. 

Para as áreas menores, indicamos uma corrente de folhas menores, como a hera e a folha do limão. Vale também para locais mais delicados ou que já tenham muitos elementos decorativos. 

Já os espaços maiores podem abrigar folhas e correntes mais volumosas, então as folhagens como palmeira e samambaia têm um efeito muito bom.

As peças com folhas podem ser usadas em ambientes internos ou externos, não restrição. Contudo, deve-se observar a quantidade de folhas inseridas na corrente para alcançar o equilíbrio — nem exagero e nem passar despercebido. 

Como montar seu arranjo de corrente de folhas

Agora que você já viu os dois principais fatores para escolher as folhas, é hora de partir para a prática e botar a mão na massa. Siga nosso passo a passo. 

  1. Defina o tamanho do arranjo e separe o vaso ou o utensílio que abrigará as correntes de folhas;
  2. Escolha o tipo de folhas e separe a quantidade necessária para preencher o arranjo de acordo com o volume que você deseja;
  3. Escolha o material que vai ser a base do seu arranjo. Na maioria das vezes usa-se isopor;
  4. É hora de prender as folhas: considerando que vamos trabalhar com as artificiais, use cola quente ou alfinetes para prender a haste das folhas;
  5.  Insira as correntes de forma circular, expandindo conforme o volume desejado e seguindo a área da superfície em que o arranjo está sendo montado;
  6.  Caso você queira colorir um pouco mais o arranjo, adicione correntes de flores ou acople frutas às folhas. Fica muito bonito.

E, aí, pronto para criar seu próprio arranjo com corrente de folhas e encantar a todos? Certamente, com as dicas acima e o passo a passo, além da diversão, a elegância e os elogios estarão garantidos. Você pode usar essas correntes em diversos tamanhos e modelos e inseri-las até mesmo em lugares mais formais, como ambientes corporativos

Para que a sua decoração com corrente de folhas ganhe ainda mais vida, é fundamental contar com produtos de qualidade e preços que cabem no bolso. Conheça as opções de correntes oferecidas pela Brasfama

 

Iniciar conversa
1
Atendimento online!
Olá, podemos ajudar? Lembre-se, na Brasfama, você escolhe os produtos e nossa equipe faz a montagem gratuita do arranjo para você. Aproveite!